Tire sua mãe do fogão e prepare uma receita simples e rápida no Dia das Mães

RAFAEL ILLUMINATO
Colaboração para o UOL

Dia das Mães é sinônimo de almoço em família e com muita gente. Juntar-se à comilança com gostinho caseiro é uma das melhores maneiras para comemorar a data. “Com todos reunidos à mesa, o Dia das Mães sempre é mais gostoso quando crescemos. Estar junto aos pais, com música e aquela comida cheirosa...”, filosofa o chef Carlos Ribeiro, do restaurante paulistano Na Cozinha.

 

Mas quem fica responsável pelas panelas? Que tal tirar a mãe do fogão nesse domingo e colocar você mesmo a mão na massa? O UOL Receitas e Restaurantes consultou três chefs que indicaram receitas saborosas, fáceis e rápidas, todas com preparo em, aproximadamente, 30 minutos.

“Nem mesmo as mães que gostam de cozinhar nesse dia, por isso o bom é pensar em um prato gostoso, de boa apresentação, econômico e rápido”, opina Carlos, que sugere o preparo da Penne Primavera, com tomate-cereja, azeitonas e manjericão. “Essa receita é um prato único. Não precisa de acompanhamento e aí está a grande jogada”, conta.

O chef garante que até os menos habilidosos na cozinha farão o prato sem erros. “É só usar ingredientes bons e frescos. Sucesso total”, assegura.

A já mamãe Andrea Kaufmann também propõe uma receita de origem italiana. Simples, o Risoto de Cogumelos com Raspas de Limão Siciliano fica, diz ela, ainda melhor com um caldo de frango caseiro. “É um prato aconchegante”, conta a chef.

Para não errar, a dica é colocar o caldo aos poucos, salgando e provando à medida que o ponto de cozimento vai sendo alcançado. “Assim não há chance de errar”, explica. Outras dicas valiosas da chef são utilizar queijo parmesão recém ralado e dar preferência ao arroz italiano. Deu água na boca?

Mais uma receita de preparo simples, cujo segredo está no frescor dos ingredientes, é o Tagliatelli com Ragu de Polvo. Foi com sua mãe, na Itália, que Rodolfo di Santis aprendeu a prepará-la. “Nada poderia combinar mais com a data. O prato me traz lembranças de infância e do afeto de minha mãe”, recorda.

Se você acha difícil fazer um prato à base de polvo, anote as dicas do chef: “É preciso deixar reduzir bem o molho para ele não ficar ralo e o ponto do polvo não ficar duro demais. Não deixe o fogo muito alto! Dê preferência ao fogo médio, cozinhando por mais tempo”.

Para acompanhar, a recomendação de Rodolfo é um vinho branco ou um prosecco. “Para quem gosta, vai bem também um azeite perfumado com peperoncino [tipo de pimenta]”, sugere.

Agora que o prato principal está resolvido, que tal preparar uma deliciosa sobremesa? Clique aqui e veja mais de 20 mil sugestões fáceis de preparar



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos