menu
Topo

Receitas

Picadinho, virado, pastel e outros 6 pratos que são a cara de São Paulo

Do UOL

25/01/2018 04h00

Não há passatempo mais paulistano do que comer. Ainda que os endereços mudem, alguns pratos não saem do ranking de queridinhos dos moradores da cidade. Para comemorar os 464 anos de São Paulo, listamos alguns deles para você preparar em casa ou pedir em seu restaurante favorito:

  • Gula Mia/Divulgação

    Pizza paulistana

    Ela veio da Itália, mas não há prato que seja mais a cara da capital paulista -- muitas vezes elaborada de forma bem distinta da original. Leia mais

  • Divulgação

    Cuscuz paulista

    Nascida com os bandeirantes, esta receita típica já ganhou inúmeras variações, e não sai da memória de quem nasceu ou vive em São Paulo. Leia mais

  • Paulo Bau/UOL

    Pastel de frango com Catupiry

    Se for de feira e acompanhado de caldo de cana, melhor ainda. Mas também é possível celebrar o aniversário da cidade preparando o seu em casa para a família. Leia mais

  • Reprodução TV UOL

    Dadinho de tapioca

    Ele nasceu para homenagear a culinária nordestina, mas a receita criada pelo chef Rodrigo Oliveira, do restaurante Mocotó, acabou se espalhando pelo país todo como uma iguaria paulistana. Leia mais

  • Divulgação

    Virado à paulista

    Comida de bandeirante, o virado pode ter cara de comida mineira, mas sua origem é de São Paulo, de acordo com historiadores. Leia mais

  • Reprodução TV UOL

    Temaki de salmão

    Um prato que remetesse à maior colônia nipônica fora do Japão não podia ficar de fora desta lista, né? Leia mais

  • Divulgação

    Picadinho

    Originário do Rio de Janeiro, este prato foi adotado há anos pelos restaurantes e cozinheiras de São Paulo e acabou ganhando em popularidade por aqui. Leia mais

  • Rafael Mosna/UOL

    Pão na chapa

    Pode parecer bobeira, mas não há nada mais paulistano do começar o dia com um pão na chapa e um pingado na padaria. Leia mais

  • Divulgação

    Coxinha de mortadela

    Paulistano gosta tanto de coxinha que se permitiu até recriá-la de inúmeras formas para não enjoar. Leia mais

Mais Receitas