Receitas

MasterChef da vida real: cinco macetes para fazer a própria linguiça

Joana Santana

Do UOL, em São Paulo

19/08/2015 13h05

Não há dúvida de que, em se tratando de comida, tudo que é artesanal é mais natural e, assim, tende a ser mais saboroso e mais saudável. A linguiça é um bom exemplo disso. Para provar que a charcutaria não é nenhuma missão impossível, o episódio desta terça-feira (18) de MasterChef teve o tema como prova eliminatória. Mas antes de por a mão na massa, os três participantes que estavam na berlinda tiveram uma aula com o chef Jefferson Rueda.

O eliminado da noite foi Lucas Furtado, que não teve tempo para cozinhar propriamente a linguiça criada. Para você não correr o risco de errar a linguiça caseira, UOL Comidas e Bebidas listou cinco macetes do processo.
  • Imagem: Getty Images
    Getty Images
    Imagem: Getty Images

    A criatividade manda

    Porco, javali, frango, galinha d'angola, cordeiro e até frutos do mar, com especiarias, com grãos, com ervas; o céu é o limite em se tratando de sabores de linguiça. Assim, quem quer se aventurar no mundo da charcutaria não precisa se prender a receitas, mas deve se guiar pela proporção ideal de gordura para garantir a suculência: de 20 a 30%.

  • Imagem: Getty Images
    Getty Images
    Imagem: Getty Images

    Preserve a gordura

    A presença da gordura no produto final é tão importante que se recomenda que todo o processo deve ser feito na temperatura mais baixa possível. Por isso, deixe a carne quase congelar antes de moer, trabalhe-a numa tigela apoiada sobre outra só com cubos de gelo e mantenha os utensílios gelados durante todo o preparo.

  • Imagem: Getty Images
    Getty Images
    Imagem: Getty Images

    Deixe o tempero agir

    Antes de moer a carne, corte-a em cubos de até 2 centímetros, adicione os temperos que quiser e deixe-a marinando nessa mistura, em geladeira, por pelo menos meia hora. A proporção média de sal é de 10 gramas para cada meio quilo de carne, mas assim como com as ervas e especiarias, quem manda é o gosto do cozinheiro.

  • Imagem: Getty Images
    Getty Images
    Imagem: Getty Images

    Misturar é fundamental

    Depois de moer, é preciso misturar muito bem o blend de carnes, trabalhando para obter uma massa bem homogênea, pegajosa e consistente, evitando aquele aspecto quebradiço. Se for o caso de garantir a umidade da linguiça, esse é o momento de incorporar líquidos à mistura, como vinho, por exemplo, sempre bem gelados.

  • Imagem: Getty Images
    Getty Images
    Imagem: Getty Images

    Enchendo a linguiça

    Existem enchedores de linguiça de todos os tamanhos e preços e, a princípio, você pode até usar um funil se não quiser gastar. O importante é deixar a tripa de molho em água por pelo menos meia hora antes do preparo e depois enxaguá-la bem, inclusive seu interior. Ela pode ser comprada em empórios, casas de material para açougueiros e mercados centrais locais. Vá enchendo a tripa cuidadosamente, evitando bolhas de ar, até terminar. Depois, torça a tripa para separa as porções ou amarre com barbante.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Receitas

Topo