Receitas

MasterChef Júnior: Veja os truques da empanada, uma delícia fácil de fazer

Joana Santana e Fernanda Meneguetti

Colaboração para o UOL

28/10/2015 14h01

A gente tem brigadeiro, Pelé e coxinha. Eles têm dulce de leche, Maradona e empanada. Muito famosas na Argentina, as empanadas são um tipo de pastel assado ou frito, cujos recheios mais comuns são de carne, queijo com cebola, atum. Esses salgados ganham cada vez mais espaço por aqui, e a boa notícia é que não é difícil fazê-los em casa e criar os próprios recheios.

Para inspirar o seu chef interior, UOL Comidas e Bebidas listou alguns truques que podem fazer a diferença na hora de se aventurar na cozinha.
  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Mapa da empanada

    Embora sejam super populares em toda a América Latina, esses salgados são herança árabe via colonização espanhola e têm versões com pequenas diferenças no Peru, no Chile, no Paraguai, na Bolívia e até no México. Mesmo dentro da Argentina as empanadas têm suas variações locais: em Salta, elas costumam ser assadas no forno comum, já em Mendoza em forno de barro enquanto em Tucumán são fritas.

  • Imagem: Reinaldo Canato/UOL
    Reinaldo Canato/UOL
    Imagem: Reinaldo Canato/UOL

    Umidade X crocância

    Duas das principais características das empanadas são a umidade do recheio e a "crocância" da massa. O sucesso da sua receita, portanto, depende do fino equilíbrio entre elas. Algumas medidas que podem ajudar a obter uma massa sequinha são esticá-la bem, trabalhar com forno muito quente, pincelar uma mistura de gema de ovo e leite sobre os salgados montados e, por cima, polvilhar um pouco de açúcar.

  • Imagem: Divulgação/Giuliana Nogueira
    Divulgação/Giuliana Nogueira
    Imagem: Divulgação/Giuliana Nogueira

    Recheio

    Já para obter aquele recheio molhadinho, contrastando com a textura da massa, a dica é óbvia: usar ingredientes que soltem bastante líquido, como o tomate e queijo, por exemplo. No caso de carnes, a recomendação é picar na ponta da faca em vez de moer, além de agregar verduras que confiram umidade. Sabores muito queridos dos argentinos, como atum ou queijo com cebola, não fazem o mesmo sucesso por aqui.

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Criatividade tem limite

    Por falar em recheio, para as empanadas a regra é a mesma do pastel, ou seja, vale tudo: todo tipo de carne e queijo, legumes cozidos, verduras refogadas e os mais diversos temperos, como ervas e especiarias. Quer dizer, quase tudo! Para os argentinos, ou o sabor é doce ou é empanada. Não se salva nem o doce de leite, orgulho nacional: como fica muito líquido quando aquecido, ele acaba estourando a massa.

  • Imagem: Divulgação/Jason Lowe
    Divulgação/Jason Lowe
    Imagem: Divulgação/Jason Lowe

    Molhos

    Para acompanhar as empanadas, a melhor pedida é o molhinho, que agrega sabor e também ajuda no quesito umidade. De origem argentina, o chimichurri é um clássico, mas está longe de ser a única opção. Para quem não conta calorias, um molho de queijos cai muito bem, enquanto os que estão de olho na balança podem preferir um à base de iogurte. Molhos picantes feitos com diversos tipos de pimenta também costumam agradar.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Receitas

Topo