Receitas

Peixe, chuchu, alga e até barba: veja ingredientes inusitados de cervejas

Joana Santana

Colaboração para o UOL

23/10/2015 13h30

No reality show "Cervejantes", exibido às quintas-feiras no canal fechado +Globosat, os participantes escolhem incluir ou não um ingrediente secreto em suas criações. As sugestões são dadas pela produção do programa e valem até três pontos na competição, caso sua presença seja percebida por Leonardo Botto, mestre-cervejeiro e jurado.

Longe de ser uma prática rara, a adição de ingredientes além dos quatro básicos que fazem uma cerveja (água, lúpulo, malte e fermento) está difundida no mundo todo, com exceção da Alemanha, e chega a ser típica de algumas escolas. O UOL Comidas e Bebidas listou alguns dos elementos mais comuns nas bebidas dos quatro cantos para inspirar sua busca por novos sabores.
  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Escola Belga

    Desde os primórdios da produção de cerveja, os belgas incluem de tudo nas suas receitas. De acordo com a tradição do país, frutas, especiarias e até açúcar têm a função de produzir bebidas bastante alcóolicas e, ao mesmo tempo, muito leves. O exemplo mais comum disso é o estilo witbier, uma cerveja de trigo com adição de sementes de coentro e cascas de laranja, como a brasileira Schornstein Witbier (foto).

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Escola Britânica

    Elementos que destacam as características dos maltes típicos, como café, chocolate e até leite são a presença típica. Nas chamadas milk stouts, também conhecidas como sweet ou cream stouts, a lactose acrescentada não é fermentada pela levedura, deixando um dulçor residual na bebida. É o caso da Mikkeller Milk Stout, que apesar de ser produzida por uma cervejaria norueguesa, emula o estilo inglês (foto).

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Escola Americana

    Famosa por sua tendência extremista e criações radicais, a escola americana capricha na adição de elementos diferentes. Além do típico bacon e da clássica abóbora de halloween, ingredientes com um apelo de marketing se fazem presentes, como Viagra, maconha e até a barba do cervejeiro, como é o caso da Rogue Beard Beer, feita com os pelos faciais do mestre da casa (foto).

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Coisa de japonês

    Ingredientes típicos japoneses como wasabi, dashi (caldo de peixe) e alga nori já fazem parte de cervejas por aí. Da própria ilha, rótulos com peixe e wasabi despertam surpresa, mas a gastronomia do sol nascente ainda ultrapassou as fronteiras nacionais e foi inspirar os escoceses da Williams Bros Brewing, que criaram a Kelpie Seaweed Ale, com algas (foto).

  • Imagem: Divulgação
    Divulgação
    Imagem: Divulgação

    Aqui no Brasil

    Por aqui, a onda é valorizar os produtos típicos da terra, sejam frutas ou plantas e até madeiras. Criações com adição de jabuticaba, pequi, erva-mate, pinhão, açaí, cumaru, rapadura têm forte sotaque regional, o que evidencia um fortalecimento do mercado nacional. E há ainda as cervejarias movidas pela irreverência, como a Urbana e sua Chuchupa, uma american pale ale com chuchu (foto).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Receitas

Topo