Receitas

Sorvete italiano com avelãs, ovos e chocolate vence festival

Getty Images
Sorvete de chocolate com avelã chamado "La Dolce Vita" foi premiado em festival Imagem: Getty Images

06/10/2015 16h32

O confeiteiro italiano Paolo Pomposi venceu a edição 2015 do Gelato Festival, o concurso mais importante de sorvete italiano de toda a Europa, encerrado no último domingo (4).   

À frente da sorveteria Badiani, em Florença, Pomposi conquistou o júri com seu gelato "La Dolce Vita", uma mistura de camadas de chocolate com avelãs, à base de creme de ovos.   

Criado em 2010 na cidade de Florença, o festival tem como objetivo celebrar as origens deste doce tão típico e adorado em todo o mundo. Atualmente, o evento conta com 19 etapas nacionais e internacionais. Neste ano, além das principais cidades italianas, o concurso também foi a Valência, Londres e Amsterdã.   

Durante abril e outubro, foram realizadas degustações de sorvete, palestras, aulas sobre o preparo do alimento com sorveteiros renomados da Itália e a eleição de um sabor inédito.   

A sorveteria que obteve o maior número de votos do júri técnico foi a Fiordipanna, em Milão, com o sabor "Mascarpone con Salsa di Caramello Croccante al Caffè" ("Queijo Mascarpone com Caramelo Crocante ao Café"). A equipe, liderada pelo mestre-sorveteiro Osvaldo Palermo, venceu a etapa de Milão pelo segundo ano.   

"Acreditamos que não seja fácil para outros países chegar ao nível italiano no universo do sorvete artesanal, simplesmente porque para nós a criatividade é acompanhada do amor pela boa cozinha, que sempre nos foi importante", disse Palermo em entrevista à ANSA.   

"Nós, como produtores, procuramos constantemente por novos sabores. Para melhorar é preciso desafiar, antes de tudo, nós mesmos; o público sempre aprecia cada novo sabor proposto", ressaltou o sorveteiro.   

Outro finalista da competição, Giorgio Fumero, mestre-sorveteiro da Agrisapori, da cidade de Pralormo, no Piemonte, ressaltou que "o sorvete é um dos alimentos mais tradicionais do patrimônio gastronômico italiano e um dos poucos a ser tão versátil, atravessando os tempos". Com o sabor "Persi Piien" (que significa "Pêssego Recheado" traduzindo do dialeto piomentês), a equipe venceu a etapa de Turim.   

De acordo com Deborah Zanella, da sorveteria Al Paradise, o segredo do gelato italiano é "não usar produtos químicos e artificiais, e conservar a tradição dos sabores clássicos".   

"O sorvete que dá certo, no nosso ponto de vista, é aquele tradicional, com gostos clássicos e feitos como antigamente, com produtos naturais", disse a especialista, cuja sorveteria venceu a etapa de Parma com o sabor "Duchessa di Parma", que leva o creme de ovos tradicional da região, chocolate, nozes e biscoito.   

"O sorvete italiano poderá dar muitos passos e desembarcar em novos mundos se a qualidade do produto, que deve ser, acima de tudo, artesanal, for levada com a paixão dos nossos sorveteiros", exaltou Fumero.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Receitas

Topo