Receitas de Bebidas

Cerveja e beleza: como as geladas podem ajudar a ter pele e cabelos mais bonitos

Thinkstock
Queridinha, a cerveja agora é foco de pesquisas da indústria de cosméticos Imagem: Thinkstock

Joana Santana

do UOL São Paulo

26/10/2012 18h12

A cerveja já foi tida como vilã da saúde e acusada de criar barriguinha, mitos que já foram derrubados recentes pesquisas. Agora, ela começa a se redimir também diante do espelho, com a indústria cosmética investigando, a fundo, os seus benefícios à beleza. É o caso da Bioeffect, empresa criada há dois anos na Islândia, fabricante de um cosmético poderoso à base de cevada, que já se tornou o novo queridinho de quem está sempre em busca da juventude.

"À medida que envelhecemos, a pele perde colágeno e elastina e as rugas começam a aparecer. Além disso, diminui a nossa produção natural de EGF, que é o fator de crescimento epidérmico, uma proteína que promove a renovação celular", explica a médica Graça Tavares, da Sociedade Brasileira de Dermatologia. A aplicação do EGF na pele estimula a formação de novas células e minimiza o efeito visível do envelhecimento. "Esses cientistas islandeses conseguiram extrair o EGF da cevada, o que até então dependia da ação de bactérias", completa ela. De acordo com o site da empresa, um frasco com 5 ml do soro Bioeffect EGF leva o conteúdo de 100 sementes de cevada e custa 110 dólares.

Para quem quer se aventurar no mundo cosmético da cerveja, boa sugestão são os banhos de cerveja. O complexo Chodovar, na República Tcheca, misto de resort, museu e cervejaria, oferece vários tipos. Mas quem não vai tão cedo à Europa, pode procurar um na sua própria cidade. Sylvia de Seganttini, da paulista Consultoria do Banho e Aromaterapia, conta que decidiu estudar o tema a pedido de um cliente. "Após um ano de pesquisa e conversas com mestres-cervejeiros, incluiu o tratamento no cardápio de consultoria, que é procurado pelos spas como uma opção para a happy hour."

"Até então, as bebidas com as quais eu trabalhava eram apenas vinho e saquê, que obedecem ao mesmo princípio: primeiro abrem os poros, eliminam impurezas e permitem que os nutrientes da bebida penetrem na pele", descreve Sylvia. "Por isso é fundamental que a cerveja seja de boa qualidade e bastante encorpada, o que indica que ela tem boa concentração dos ingredientes", salienta. Segundo a consultora, não existe um tipo específico de cerveja mais indicada, mas recomenda principalmente as de trigo.

Banho de cerveja em casa

Stock.Xchng
A consultora de banhos terapêuticos Sylvia de Seganttini ensina como preparar um banho de cerveja em casa. Para uma banheira com capacidade de 200 litros, reserve três garrafas de uma boa cerveja e utilize água na temperatura de 37°C ou 38°C. Em meio copo de cerveja, dilua 15 gotas de um óleo essencial de sua preferência e acrescente ao banho. Sylvia recomenda essência de lavanda para um fim de tarde relaxante; e para um banho revitalizante, perfeito para aqueles dias cheios de compromissos de trabalho pela frente, o melhor é optar pelo óleo essencial de sândalo. Ela ressalva, no entanto, que quanto mais quente estiver a água, menos tempo a pessoa deve ficar imersa. “Acima de 37°C, o limite é de 15 minutos”, alerta. Vale lembrar que banhos terapêuticos são contraindicados para quem sofre de pressão alta.

Cerveja na cabeça!
Em 2009, atriz Catherine Zeta-Jones provocou surpresa ao declarar ao jornal britânico Daily Mail que usava uma máscara de cerveja e mel para condicionar os cabelos, mesmo "que fique cheirando como o fundo de um barril de chope por dias".

Já para quem leva mais fé na indústria cosmética do que nas misturinhas caseiras, ou acha mesmo que lugar de cerveja é no copo, a tradicionalíssima Payot oferece uma alternativa.

"Dentro da linha de tratamento capilar, temos o xampu e o condicionador com extrato de levedo de cerveja. É rico em vitaminas do complexo B e vitamina E, que reforça, dá brilho e volume e é indicado para quem tem cabelos finos. Antes do seu lançamento, há cinco anos, todos os testes comprovaram a capacidade de hidratação e restauração da fórmula", informa Marília Filardi Peixoto, química responsável pelo setor de desenvolvimento de produtos da Payot. Os cosméticos estão disponíveis em lojas do ramo em todo o país e on line, pelo próprio site da empresa.

No exterior, a lista de cosméticos que levam cerveja na fórmula é extensa. A britânica Lush, especializada em produtos naturais, oferece o xampu Cynthia Sylvia Stout e o finalizador The Strokes Hair Treatment, que também prometem volume, maciez e brilho. Na República Tcheca, a Manunfaktura, outra empresa de cosméticos naturais, possui uma ampla linha de cuidados à base de cerveja. Lá, tem de tudo: sabonetes e gel para banho, esfoliante, óleos de massagem, hidratante, loção pós-barba e protetor labial. Até a microcervejaria americana Elysian lançou uma marca de xampu e condicionador, mais voltada para o público masculino, a Duffy’s Brew.

Ou seja, além de rótulos de cervejas, agora produtos de beleza também são um prato cheio para cervejeiros viajantes.

Serviço:
Bioeffect: www.bioeffect.com
Chodovar: www.chodovar.cz
Consultoria do Banho e Aromaterapia: www.consultoriadobanho.com.br
Lush: www.lush.com
Manunfaktura: www.manufakturashop.com
Payot: www.payot.com.br
Elysian Brewing: www.elysianbrewing.com

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Receitas de Bebidas

Topo