Receitas

Palmirinha: apresentadora fala sobre sua vida e novo livro

Larissa Januário

Do UOL, em São Paulo

29/05/2013 15h24

Aos 82 anos, a paulista Palmira Nery da Silva Onofre, mantém o bom humor apresentando programas de culinária na TV. A culinarista, que sempre teve a cozinha como fonte de renda, ingressou na telinha por acaso na década de 90. “Fui convidada para participar do programa "Note & Anote", na época apresentado por Ana Maria Braga, gostaram de mim e logo ganhei uma participação no show”, relembra.

De lá pra cá muita coisa mudou, a vovó mais famosa do Brasil passou por algumas redes televisivas, ficou famosa entre brasileiros de todas as idades, e hoje tem seu próprio programa no canal por assinatura Bem Simples. Além disso, acaba de lançar o livro "100 Receitas Preferidas" (Editora Alaúde) e recebe uma homenagem em no restaurante Ghee de São Paulo, que até sexta (31) oferece pratos inspirados na apresentadora e no livro (confira as receitas no álbum). Conheça um pouco mais da história e vida de Palmirinha.

Com quem aprendeu a cozinhar? Teve alguma formação convencional?
A história da culinária na minha vida começou desde quando eu era criança e a minha mãe me ensinava a fazer muitas coisas.  Ela tinha uma pensão em Bauru e preparava todos os pratos. Quando vim para São Paulo (capital) para ser criada por uma francesa, aprendi a fazer pratos mais sofisticados. Depois comecei a fazer culinária para sustentar as minhas filhas. Até que tive a oportunidade de ser apresentadora de televisão e compartilhar as minhas receitas com as minhas amiguinhas.

O que mais gosta de preparar na cozinha?
Adoro fazer receitas salgadas, principalmente pães, porque lembro muito da minha infância, dos pães que a minha mãe fazia para os meus irmãos.

Costuma cozinhar em casa?
Sim, gosto muito de fazer a minha comida. É impossível ficar longe da cozinha. Quando eu não faço os meus pratos, é porque fui almoçar em algum restaurante.

Como é a relação com os fãs?
Gosto muito do carinho das pessoas quando saio nas ruas. Antigamente eu conseguia ir à feira, supermercado, shopping... Hoje, quando vou a alguns desses lugares, já começo a ouvir o barulhinho: "Palmirinha!"  Eu imaginava que eram só amiguinhas da minha idade, hoje são muitos jovens e crianças que vêm pedir o abraço da vovó. Com o facebook e o twitter, fico mais pertinho do meu público. Eu nunca imaginei que ia chegar até aqui.

Os jovens gostam muito da senhora. Ao que atribui tanto sucesso com a turma mais nova?
Depois que o "CQC " começou a falar de mim, muita coisa mudou e mudou para melhor. Por causa dos “micos”, fui considerada musa do Top Five do CQC. Uma das cenas mais reprisadas por eles foi aquela em que fui socorrida pelo Guinho na hora de ensinar a cortar uma torta de chocolate sem esfarelar. Esqueci o nome do utensílio que mais uso na cozinha: a faca. Eu não me lembrava do nome e isto ocorreu por duas vezes. O meu boneco foi quem me lembrou. Ainda para piorar, deixei a faca por pouco tempo na chama do fogão e ela não esquentou direito. Quando fui cortar a torta, ela esfarelou e voou pedacinho para todo lado. Errar é humano. O difícil é fazer do erro um motivo para rir. Eu sempre rio dos meus erros. Acho que os jovens gostam disso. Tenho um carinho muito especial por eles também.

Como a senhora vê a relação dos jovens com a comida hoje? Piorou ou melhorou?
Hoje há muitos restaurantes com uma variedade incrível de pratos. Os jovens gostam de experimentar novos sabores, mas a comida da mãe ou da avó é sempre a mais saborosa...Não há nenhum lanche caprichado que substitua o carinho do prato feito por quem se preocupa com a gente. Tem que saber escolher.

Quantos filhos e netos a senhora tem?
Tenho três filhas, dois netos, quatro netas e três bisnetas. Sou muito abençoada por Deus, pois tenho uma família maravilhosa que me apoia sempre e está ao meu lado em todos os momentos.

De onde vêm a inspiração para criar receitas?
Às vezes, quando vou comer em um restaurante, só o fato de provar um prato, já estou trabalhando. Busco muita inspiração em livros antigos que tenho. E assim começo a criar novas receitas.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Receitas

Topo