Receitas

Chefs da Costa dos Corais (AL) ensinam como preparar lagosta

Eduardo Vessoni/UOL
Lagosta com arroz com jaca, da chef Mara Cardoso, servida na terceira edição do Festival da Lagosta Imagem: Eduardo Vessoni/UOL

Eduardo Vessoni

Do UOL, em Alagoas

30/09/2013 08h00

Grelhada com manteiga de garrafa, recheada com provolone, condimentada com tempero oriental e até uma versão acompanha com risoto de champanhe.

Na Costa dos Corais, a criatividade na hora de preparar lagostas, um dos pratos regionais mais cobiçados da região, parece seguir a mesma variedade de atrativos naturais desse destino conhecido por praias isoladas, piscinas naturais e mangues escondidos.

O ingrediente é, inclusive, mais uma vez tema de um festival, cuja quarta edição acontece entre os dias 9 e 17 de novembro em Maragogi e Japaratinga.

Como escolher e preparar uma lagosta e deixar sua carne saborosa e tenra? Vale congelar? Como lidar com a casca? O UOL Comidas e Bebidas esteve no destino e reuniu dicas com quem entende do assunto.

Todos os chefs foram unânimes ao serem questionados: não se deve comprar o animal se a junção entre a cauda e a cabeça estiver escura. Observe também se os membros estão firmes e se a casca está bem aderida ao corpo.

“Escolha sempre uma lagosta com carne firme e bem branca”, recomenda Mara Cardoso, do Restaurante da Mara. Na hora de congelá-la, a chef sugere manter sua casca para evitar o escurecimento da carne.

Com a idade certa
O tamanho também é uma questão importante a ser levada em conta. Para o chef Iran Cavalcante, da Companhia da Lagosta, uma lagosta deve ter, pelo menos, 20 centímetros de comprimento. E a casca deve apresentar a cor avermelhada.

Para o preparo, Adiel Ferreira, do restaurante Ondaluza sugere ferventá-la com sal e azeite para facilitar a retirada de sua casca. Solange Maria Sol, do restaurante Caiuia, costuma retirar a carne da lagosta antes de seu preparo e colocá-la novamente na casca antes de servir. A chef garante que a prática facilita a vida do cliente na hora de comer.

Gosta da opção grelhada? “Essa forma de preparo evita deixar a carne dura”, garante o chef Severino Paulo, do restaurante Ix'ú.

Se a ideia não for consumir todo o produto de uma vez, o chef Nego, do restaurante Mama Pereira, sugere levar a lagosta para ferventar por 20 minutos antes de guardá-la no freezer.

E, atenção, não é recomendado congelá-la por mais de um mês.

 

* O jornalista viajou a convite da Associação do Trade Turístico de Maragogi e Japaratinga (Ahmaja)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Receitas

Topo