Receitas

Fama de cervejas artesanais cria mercado negro nos Estados Unidos

Divulgação/facebook.com/alchemistbeer
Cerveja artesanal Heady Topper, que foi vendida no mercado negro por cerca de R$ 1.910 Imagem: Divulgação/facebook.com/alchemistbeer

Do UOL, em São Paulo

10/12/2013 11h51

As cervejas artesanais nos Estados Unidos têm ganhado cada vez mais adeptos –e originado um mercado negro onde produtos mais raros ou de estoque limitado podem sair muito mais caro mais do que o preço original.

No estado de Vermont (norte dos Estados Unidos), por exemplo, uma mulher colocou à venda pela internet cinco caixas da cerveja Heady Topper por US$ 825 (cerca de R$ 1.910). O preço original da caixa da bebida, considerada a melhor do mundo pela revista especializada “Beer Advocate”, é de US$ 72 (cerca de R$ 162).

“É um elogio meio esquisito”, diz a cervejeira Jen Kimmich, que produz a Heady Topper. Em entrevista ao jornal "Huffington Post", ela explica que não gostaria que “o consumidor fosse lesado ao pagar demais e receber um produto que não tenha sido manuseado com o devido cuidado”.

Desde que chegou ao topo do ranking da “Beer Advocate”, a cervejaria de Kimmich ficou tão famosa que ela foi obrigada a fechar a loja de fábrica depois que os vizinhos reclamaram do tráfego intenso na área.

Um mercado à parte
O problema principal é que é necessário uma licença para vender bebidas alcoólicas pela internet nos Estados Unidos –coisa que a maioria dos entusiastas das cervejas artesanais não possui. Não há controle, por exemplo, para evitar que menores de idade adquiram bebida alcoólica.

Para obter os lotes mais raros, algumas pessoas chegam a contratar “mulas” que compram cervejas direto dos produtores para depois revender o material online por preços exorbitantes.

Natalie Cilurzo, cervejeira na cidade de Santa Rosa, no estado da California, chegou a ver o principal rótulo de sua fábrica ser vendido online por até US$ 50 (cerca de R$ 115), sendo que o preço original era de apenas US$ 5 (R$ 11).

“A coisa estava fugindo do controle. As pessoas estão montando lojas de bebida no eBay sem nenhuma responsabilidade”, diz Natalie, que passou a representar os cervejeiros artesanais junto aos sites de leilões online para garantir que as regulamentações oficiais sejam cumpridas.

Os produtores artesanais, porém, contam com o apoio dos fãs para que o mercado negro não acabe estragando o prazer de descobrir produtos novos.

“Temos muitos consumidores que se importam com nosso trabalho e que nos avisam se há alguma coisa estranha online”, diz Natalie. “Eles acabam agindo como nossos embaixadores”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Receitas

Topo