Receitas

Projeto educativo ensina para crianças origem dos alimentos

Anna Fagundes

Do UOL, em São Paulo

22/01/2014 15h44

A redatora Angélica Kalil ficou surpresa quando a filha viu um pé de amora na rua e não sabia que a fruta nascia em árvores. "As crianças hoje em dia não sabem mais de onde vem a comida, como ela chega no prato", explica. 

Foi a partir desse "susto" que Kalil, junto com a nutricionista Cristina Menna Barreto e as redatoras Liniane Brum e Adriana Oliveira, criou o Projeto Piquenique, programa educativo que pretende mostrar para crianças de 3 a 10 anos a origem dos alimentos, para aproxima-las do mundo da alimentação de maneira divertida.

O projeto inclui uma série de vídeos, divididos em três partes: a descoberta de onde vem o alimento, o preparo de uma receita com o ingrediente e um piquenique. A série é protagonizada pelos filhos, sobrinhos e filhos dos amigos de Cristina Menna Barreto, que já participou de programas como "Perdas e Ganhos" (GNT) e "Cozinha Brasil" (Canal Futura), entre outros, falando sobre o tema.

O programa piloto, gravado no ano passado, mostra como preparar um brigadeiro de cenoura e um suco de laranja com a rama da planta. Mas a parte mais divertida, de acordo com Angélica, foi mostrar às crianças a horta onde o ingrediente foi colhido. "Quando eles viram onde nascia a cenoura, ficaram loucos!", diz. 

Ponto de encontro
Angélica e Cristina, que são irmãs, já pensavam em fazer o projeto há alguns anos. "Nós duas temos filhos pequenos, então o assunto 'comer direito' estava sempre na pauta", diz Angélica. 

No entanto, foi somente após assistir o documentário Muito Além do Peso que elas decidiram colocar suas ideias em prática. "Ficamos impactadas com o que vimos: crianças com problemas de idosos, com colesterol alto. E o pior é que as mães nem tinham ideia de que a comida que elas serviam fazia tão mal", conta.

"Não é fácil e não estamos dizendo que vai ser fácil fazer as crianças comerem de tudo. Mas mostrar os alimentos e comer junto com as crianças já ajuda um bocado!"

Além dos programas, o Projeto Piquenique pretende manter um contato direto com os espectadores por meio de um site, além de publicar livros infantis e manter jogos interativos e receitas para testar em casa. O projeto está em fase de captação de recursos. "Já nos inscrevemos em vários editais e estamos procurando interessados em ajudar", diz Angélica, que também já apresentou o projeto para emissoras de TV. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Receitas

Topo