Receitas

Jamie Oliver diz que brigadeiros são "horríveis" e causa polêmica

Ben Stansall/AFP
O chef britânico Jamie Oliver: declaração sobre doces brasileiros causou polêmica Imagem: Ben Stansall/AFP

Do UOL, em São Paulo

18/07/2014 15h34

Há quem diga que gosto não se discute, mas vá falar isso para o chef britânico Jamie Oliver. Após declarar em um programa de televisão que achou brigadeiros e quindins "um monte de m...", Oliver tem sido bombardeado em suas contas nas redes sociais por defensores dos doces mais populares do Brasil.

A declaração do chef foi ao ar no programa "Saia Justa" (exibido no canal a cabo GNT) na última quarta-feira (16). Na ocasião, a apresentadora Bárbara Gancia ofereceu caldo de cana, açaí, quindim, brigadeiro e beijinho para que Oliver experimentasse.

Ele até gostou do caldo de cana e do açaí, mas detonou os outros doces, chamando-os de "horríveis" e "um monte de m..." por conta do excesso de açúcar nas receitas (a legenda do programa atenuou o palavrão, traduzindo-o por "porcaria").

"Quando você usa muito açúcar, você acaba mascarando o sabor das frutas na sobremesa", argumentou o chef, que irá abrir uma filial de seu restaurante Jamie's Italian em São Paulo no final do ano. 

Você concorda com o chef Jamie Oliver, que detestou quindim e brigadeiro?

Resultado parcial

Total de votos
Total de votos

Orgulho nacional
A declaração foi o suficiente para causar uma grande polêmica. Na conta de Instagram do chef, internautas passaram a defender os doces. Declarações como "o Brasil te odeia depois que você falou mal dos brigadeiros" e "não chame nossos doces de 'porcaria'" pipocaram em diversas postagens.

"Esse caipira inglês precisa ter mais educação", comentou uma internauta no site do GNT, que transmite os programas do chef no Brasil. "Não se pode chegar assim na casa dos outros, é uma indelicadeza para quem o está recebendo". 

Para a chef carioca Fabiana D'Angelo, especializada em brigadeiros, a declaração de Oliver foi "lamentável", mas doeu especialmente porque "são os nossos doces nacionais. Isso feriu o coração".

O argumento de que Jamie Oliver teria um paladar diferente por ser inglês não convence muito Fabiana, cujos doces foram servidos para chefes de Estado durante a final da Copa do Mundo em um evento do Governo do Rio de Janeiro. "Morei na Inglaterra e fiz muito brigadeiro por lá  - e os ingleses adoraram. Acredito que ele tenha que provar de novo, só que com um produto mais refinado. Provavelmente deram para ele um brigadeiro ruim", diz.

Já a chef Nina de Paula, da doceria Made by Nina, fez um manifesto a favor do docinho que repercutiu na internet. "Achei que o comentário foi ofensivo. Ele tem o direito de não gostar, mas acredito que não poderia ter se expressado dessa forma", explica a chef, que se especializou em versões 'gourmet' de brigadeiros. "Ele foi falar mal de uma coisa que muita gente aprecia". 

Ela, no entanto, não faria adaptações à receita tradicional para agradar o paladar do chef britânico em um eventual encontro. "Já fiz brigadeiro de chá verde, por exemplo, mas se ele fosse provar novamente, teria que ser a receita já conhecida. E acredito que não vai ser a opinião dele que mudará o nosso gosto". 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Receitas

Topo