Receitas

Aproveite a safra do abacaxi e faça receitas doces e salgadas

Roberta Malta

do UOL, em São Paulo

20/10/2014 17h02

A época é de abacaxi, fruta tropical de formato exuberante que serve inclusive de inspiração para inúmeros objetos de decoração. 

Os mais açucarados estão na região Norte do país, mas mesmo quem não mora por ali pode aproveitar a safra para comprar bons exemplares no resto do Brasil e caprichar nos doces, na fruta fatiada servida com raspinhas de limão ou até como acompanhamento de pratos salgados. 

Não erre na escolha
Um truque imbatível para saber se o abacaxi está maduro é puxar uma das folhas de sua coroa. Se ela sair com facilidade, pode descascar a fruta que ela estará em seu melhor momento.

Na hora de comprar, é importante observar alguns detalhes. “Precisa ver se ele está sem manchas”, diz a produtora culinária Fabiana Badra. Segundo ela, isso pode ser um sinal de que por dentro ele terá algumas partes passadas.

Observar a parte de baixo da fruta também sinaliza a qualidade do produto. “Se estiver muito verde, o abacaxi não está maduro. Muito amarelo, está quase passando do ponto”, diz. O ideal é que o fundo esteja levemente esverdeado. “Isso também depende muito da receita que vai ser feita”, diz Fabiana. “Para compotas, a fruta bem amadurecida é ótima.” Quem quiser prepará-la grelhada, porém, deve comprá-la ainda com o fundo mais verde, ensina. O cheiro forte também indica que o abacaxi fermentou demais e deve ser descartado.

Na hora de guardar, a fruteira é a melhor opção. “Só ponho na geladeira quando vou fazer suco”, diz Priscilla Herrera, chef do restaurante natural Banana Verde, em São Paulo. Depois de descascado, se bem embalado (em potes herméticos), o abacaxi dura dois dias no refrigerador.

Versatilidade a toda prova
Uma característica do abacaxi é que ele vai bem em receitas doces e salgadas. “Como é ácido, combina bastante com a carne de porco, que é mais gordurosa”, afirma Fabiana.

Com ele, é possível ainda fazer compota, chutney, recheio para bolos, pavê, calda e muito mais. “Refogado em cubinhos com frango e um pouquinho de gengibre fica ótimo”, diz a produtora culinária.

Outra sugestão da chef é assar: para cada fatia de abacaxi, junte 30 ml de vinho do Porto e 1 colher (sobremesa cheia) de açúcar mascavo. “Uma sobremesa fácil e gostosa.” Para temperar as saladas, a chef também usa abacaxi. “Faço um vinagrete com meia cebola roxa picada, uma colher (café) de gengibre ralado, uma colher (chá) de coentro picado, meia pimenta dedo-de-moça sem semente, meia xícara (chá) de azeite extravirgem, duas rodelas de abacaxi picado e sal a gosto.” Sua salada verde de sempre pode ficar de cara nova e você ainda vai aproveitar o melhor da fruta.

O miolo? Em tempos de sustentabilidade, aproveitar a fruta toda é atitude das mais corretas. “Pode comer normalmente. Ele é apenas um pouco mais duro que o restante da fruta, mas é supergostoso”, diz Priscilla. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Receitas

Topo