Receitas

Vai passar o Natal a dois? Veja dicas para adaptar pratos e arrasar na ceia

Getty Images
Imagem: Getty Images

Débora Costa e Silva

Do UOL, em São Paulo

11/12/2014 12h50

Quando se pensa em ceia de Natal, logo vem à cabeça a mesa cheia de gente, família grande e comida farta, certo? Pois é, mas não são todos que celebram a data em grupos grandes. Os motivos podem ser muitos: a família mora longe, você está sem grana, não vai ter folga do trabalho, o bebê ainda é pequeno para viajar ou simplesmente está afim de algo mais íntimo.

Independente de qual for a razão, todo mundo um dia pode acabar passando um Natal mais compacto – o que não precisa ser sinônimo de um jantar comum. É possível, sim, fazer uma ceia natalina a dois (ou a três). Mas se por um lado a vantagem é a economia nos ingredientes, por outro às vezes fica difícil adaptar algumas receitas para pequenas porções.

Pensando nisso, o UOL Comidas e Bebidas conversou com alguns chefs e reuniu as melhores dicas para quem quiser caprichar na ceia com versões menores dos grandes pratos natalinos – e sem desperdiçar comida.

1 – Liberte-se das tradições 

Getty Images
Imagem: Getty Images

Para o chef Viko Tangoda, do buffet Viko Gastronomia, se a ceia será para um casal, já sairá do convencional. “Que tal aproveitar a ocasião para fugir dos outros padrões natalinos e criar pratos diferentes? Tem gente que nem gosta tanto de peru - aproveite e faça o que gosta, se desprenda”, recomenda. Prepare uma massa diferente, como o Canelone Catalão, um Risoto de Camarões e Alcachofra ou ainda uma carne requintada como o Boeuf Bourguignon

2 – Compre porções menores 

Getty Images
Imagem: Getty Images

Ok, se para você não ter peru significa não ter Natal, não se desespere. Você pode comprar uma ave menor (deve encontrar no mínimo um de 3 kg) e preparar do mesmo jeito, seguindo as medidas proporcionais. Daí não tem como fugir das sobras, mas seja criativo e reaproveite o prato no dia seguinte no almoço, em lanches e em tortas.

3 – Adapte o peru 

Tadeu Brunelli/ UOL
Imagem: Tadeu Brunelli/ UOL

Outra saída é preparar peito de peru. É mais fácil, rápido e mantém o sabor natalino da sua ceia. A dica da chef Dani Padalino, da Banqueteria Nacional, é preparar um peito de peru recheado – não fica devendo em nada ao tradicional prato. Inove e cozinhe um Peito de Peru Recheado com Damasco ou Peito de Peru Recheado com Castanhas Portuguesas ao Molho de Vinho do Porto e Cerejas

4 – Invista em outras aves e carnes 

Evandro Povh/Divulgação
Imagem: Evandro Povh/Divulgação

Tender, chester, lombo... São tantas opções que em uma ceia para dois fica até difícil escolher. A dica é fazer uma ou no máximo duas opções para não sobrar tanta comida. Uma das vantagens é que esses outros ingredientes são menores, o que facilita na hora de cozinhar para um casal. Experimente fazer um Pernil e Paleta de leitoaTender com Compota de Frutas e Farofa Crocante ou Lombo Assado com Batatas e Alecrim.

5 – Compre a comida em bufê ou semi-pronta 

Getty Images
Imagem: Getty Images

Uma saída para não se complicar nos preparativos se você estiver sem tempo é cozinhar os acompanhamentos e encomendar algum dos pratos em algum bufê. “Quando você compra a ceia pronta, você consegue personalizar e escolher a quantidade necessária para você”, recomenda Padalino. Mas fique atento: por ser em porções menores, pode ficar mais caro.

6 – Variedade 

Getty Images
Imagem: Getty Images

Ao invés de preparar uma mesa farta apenas de carnes e aves, invista nos acompanhamentos. E para não deixar a refeição pesada, não precisa caprichar tanto na quantidade, mas sim na variedade. “Faça acompanhamentos agridoces, com frutas assadas, como maçã, pêra e abacaxi. Se for fã de batata, prepare uma de forno ou arrisque-se e faça uma batata-doce”, recomenda o chef Carlos Siffert, da Casa Santa Luzia.

7 – Leveza 

Divulgação
Imagem: Divulgação

Não exagere nos ingredientes calóricos ou pesados - afinal, com uma mesa farta e poucas pessoas para dividir, pode ser difícil se conter. Para a ceia não pesar, a dica de Siffert é investir também em saladas como acompanhamento. “Use folhas verdes, frutas secas (que é a cara do Natal), figos frescos e nozes. É uma ótima opção e também mais fácil de acertar a quantidade”. 

8 – Sobremesas compactas 

Divulgação
Imagem: Divulgação

Travessas enormes de doces não precisam fazer parte desta ceia. “A clássica rabanada é uma sobremesa ideal para quem vai jantar a dois, pois é só escolher quantos pães você quer e fazer”, lembra Siffert. Sorvete também é outra dica bacana. “Se gostar, incremente com creme com frutas cristalizadas para dar o toque de Natal”, indica Padalino.

9 – Aproveitar as sobras no dia (e na semana) seguinte 

Getty Images
Imagem: Getty Images

A chef da Banqueteria Nacional revela que sempre considera que os clientes comerão as refeições na ceia e no almoço do dia 25. Portanto, se errar na quantidade, reaproveite o cardápio no almoço ou durante a semana. O chef da Casa Santa Luzia também segue o mesmo preceito e recomenda que o peru possa ser reutilizado em salpicão, sopa, sanduíche, torta ou desfiado com arroz.

10 – Capriche na decoração 

Getty Images
Imagem: Getty Images

Investir na toalha de mesa, na louça que será utilizada, montar um arranjo de frutas e um de flores, pode dar o toque final e especial para a noite de Natal. Não adianta caprichar nos pratos e nos quitutes se a apresentação for a de sempre. Saia da rotina, abra um espumante e capriche: a ocasião merece.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Receitas

Topo