Receitas

Baleia ameaçada de extinção vira matéria-prima de cerveja na Islândia

Divulgação/facebook.com/BrugghusStedja
Rótulo da cerveja islandesa Hvalur 2, preparada com testículos defumados de baleia Imagem: Divulgação/facebook.com/BrugghusStedja

Do UOL, em São Paulo

12/01/2015 17h32

Uma cervejaria na Islândia está na mira de entidades de proteção aos animais após produzir uma cerveja a partir da carne de uma espécie de baleia considerada em extinção.

A Hvalur 2, preparada para celebrar um festival de inverno tradicional no país, é feita a partir dos testículos da baleia-comum, também chamada de baleia-fin. Os órgãos são cortados e defumados antes de serem usados na preparação da cerveja, que começa a ser vendida oficialmente no país a partir do próximo dia 23.

A cervejaria Stedji, responsável pela bebida, já estava na mira dos defensores dos animais por ter produzido uma bebida parecida em 2014, só que tendo como base a carne da baleia. 

"Ninguém em sã consciência tomaria uma cerveja com testículos de tigre, elefante ou rinoceronte",  diz Vanessa Williams-Grey, da ONG Whale and Dolphin Conservation, ao jornal britânico "The Guardian".

"Nossa esperança é que os turistas que vierem à Islândia tratem esse produto com o desprezo que ele merece". 

Equinac/Barcroft Media
A baleia-comum, ou baleia-fin, é um animal ameaçado de extinção Imagem: Equinac/Barcroft Media

Ingredientes diferentes
Os donos da cervejaria, por sua vez, se defendem das críticas sobre seu produto. "Vivemos em um país que permite a caça às baleias, que é bem controlada pelas autoridades", diz Dagbjartur Ariliusson, representante da Stedji. "Os pesqueiros são sustentáveis e muito responsáveis. E, de acordo com nossa pesquisa, a baleia-comum não está em risco de extinção no Atlântico Norte". 

Ariliusson também disse ao "The Guardian" que o uso de carne de baleia na bebida é uma referência à tradição do país, especialmente durante o Thorriblot, festival que conta com pratos preparados para enfrentar o frio mais intenso. 

Ingredientes inusitados dentro de cervejas não são exclusividade dos islandeses. Ao redor do mundo, a bebida já foi preparada com alguns itens bem chamativos, como algas marinhas, abacates, rochas lunares ou até mesmo formigas - esta última, uma criação brasileira criada durante um festival gastronômico à base de saúvas e tucupi. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Receitas

Topo