Receitas

Paleta original mexicana não é nada gourmet; entenda as diferenças

Divulgação
Paletas de morango com leite condensado é criação adaptada ao paladar brasileiro Imagem: Divulgação

Anna Fagundes

Do UOL, em São Paulo

12/02/2015 17h00

Febre no Brasil desde o verão passado, as paletas mexicanas saíram do circuito das feirinhas gastronômicas e ganharam as ruas.

No menu das diversas lojas especializadas na guloseima, fazem grande sucesso os sabores recheados, como morango com leite condensado ou banana com Nutella, entre outros.

Mas, afinal, as paletas que são vendidas por aqui são mesmo como as mexicanas originais ou é só uma invenção?

O restaurateur mexicano Hugo Delgado, do restaurante Obá, esclarece primeiro que paleta, para ele e seus conterrâneos, é a mesma coisa que o picolé para os brasileiros. E que, sim, paletas recheadas até existem em sua terra natal, mas não do jeito como elas são fabricadas no Brasil, onde ele já vive há quase duas décadas.

"Assim como aqui tem picolé industrializado, com cobertura de chocolate e recheio cremoso, lá também vende. A paleta, para os mexicanos, é uma coisa corriqueira. É sorvete de carrinho, que você compra na rua. Não tem nada de chique".

No México, os picolés mais populares são feitos a partir de água e frutas, ou ainda de bebidas como como chá de flor de hibisco (por lá chamado de Água de Jamaica).

Recheio a gosto
A alteração do perfil do doce para o público local, segundo o restaurateur, é algo esperado. "É normal que haja uma adaptação do produto para que ele venda mais. Se fossem abrir uma pastelaria brasileira em Londres, por exemplo, em seis meses ia ter pastel de curry, ou então com recheios de coisas que as pessoas comem por lá".

Mesmo oferecendo paletas em oito sabores com frutas em sua outra loja, a Taquería La Sabrosa, Delgado responde às gargalhadas que o que mais vende no local "é a paleta de morango recheada com leite condensado. Não tem jeito!".  

A combinação, que virou o emblema do picolé "hecho en Mexico" para o público verde-amarelo, explica-se pelo amor dos brasileiros por ingredientes mais doces. "As paletas por aqui são recheadas porque é como os brasileiros preferem", diz o restaurateur.

Como as paletas são parte do cotidiano mexicano, uma coisa que acaba chamando a atenção são as lojas que vendem o produto no Brasil. Afinal, as paleterias originais são lojas bem simples, sem grandes decorações ou planos de marketing.

"Um mexicano que chegasse em São Paulo e encontrasse uma paleteria na rua Oscar Freire, por exemplo, bem do lado das lojas de grife, ia achar muito estranho", diz Delgado. "Assim como um brasileiro estranharia uma pastelaria chique bem no meio da área mais elegante de Buenos Aires".

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Receitas

Topo