Receitas

Conheça os pratos e o chef à frente do restaurante Jamie's Italian

Luciana Bianchi e Anna Fagundes

Do UOL em Londres (Inglatera) e São Paulo

03/04/2015 19h27

Na linha de frente do recém-inaugurado Jamie's Italian, filial da rede de restaurantes do chef inglês Jamie Oliver que abriu em São Paulo em março, está um fanático por pescarias que cozinha desde criança. "Tem foto minha com seis anos de idade batendo bife", conta Lisandro Lauretti, que comanda as operações do restaurante e é responsável por ajustar as exigências da marca ao mercado brasileiro.

Entre inúmeros candidatos à parceria, Lisandro foi o escolhido por ter uma proposta profissional e um estilo pessoal que harmoniza com a filosofia do grupo mantido pelo chef inglês. Entre outras funções, Lauretti selecionou todos os fornecedores brasileiros seguindo as regras ditadas pela equipe em Londres. 

Não foi tarefa das mais fáceis - para entrar no restaurante, todos os produtos precisam ter uma ficha técnica com o controle de qualidade e de origem de cada produto, que permitem um rastreamento completo de cada ingrediente utilizado no restaurante paulista.

"Preciso saber como o produto é fabricado, como é manipulado, quais as certificações que ele tem", explica Lauretti. "O ketchup que servimos aqui, por exemplo, me custou dois anos para fazer. Quando tinha sabor, não tinha consistência; quando tinha consistência, não tinha sabor. Venho de uma família que sempre fez tudo em casa – massas, pães, doces... Para mim, a comida tem que oferecer o elemento conforto e revelar as mãos de quem produz".

Leonardo Soares/UOL
O chef Lisandro Lauretti: fornecedores escolhidos a dedo Imagem: Leonardo Soares/UOL

Todo mundo na pia
Ir atrás de fornecedores não foi mais complicado do que passar pelo treinamento exigido pela matriz londrina, que levou o chef de volta para as posições mais básicas da cozinha. "Depois de vinte anos como chef, passar o dia lavando louça ou cortando cebola não é moleza", ele ri. "Mas foi por uma boa causa. Fui atender porta, trabalhei no bar, passei por todas as posições dentro do restaurante".

“Vamos fazer um modelo de negócio ainda não visto no Brasil, valorizando o produto local e apoiando o produtor para que ele mantenha o standard de qualidade que exigimos", diz. "Nossos funcionários foram treinados nos padrões ingleses, seguiremos normas de segurança e de organização de Londres, mas teremos o coração brasileiro nesta casa, oferecendo aos clientes uma experiência sem comparação".

E como sustentabilidade é um tema que povoa a cabeça de muitos chefs atuais, Lisandro confirma que Jamie’s Italian será também um modelo bem ecológico: “Nossa casa conta com inúmeras inovações tecnológicas – da cozinha à sala O chef se refere, entre outras coisas, ao sistema de pedidos automatizado e de um equipamento de depuração que evita que o cheiro da comida saia do restaurante pela chaminé, tudo importado da Inglaterra.

Só não perguntem se o chef tem um prato preferido no menu. "É tipo perguntar para a mãe que filho que ela prefere!", ri.

Veja aqui a crítica do UOL Comidas e Bebidas sobre o Jamie's Italian

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Receitas

Topo