Receitas

Chef brasileiro promove passeios gastronômicos de bicicleta pela Itália

Divulgação
Roteiro pela Sardenha organizado pelo chef Felipe Bianchi inclui visita a Supramonte, parte centro-oriental da ilha mediterrânea Imagem: Divulgação

Rafael Mosna

Do UOL, em Londres (Inglaterra)

06/05/2015 15h44

Bicicleta e gastronomia casam bem. Pelo menos essa é a ideia defendida pelo chef brasileiro Felipe Bianchi e pelo sommelier italiano Fabio Murgia. Os sócios promovem roteiros turísticos pelas regiões da Sardenha, Piemonte e Toscana, na Itália, onde guiam um pequeno grupo em passeios que incluem paradas em vinícolas, empórios e produtores de azeite, queijo, especiarias e carnes.

“Sempre fui adepto da bicicleta como meio de transporte nos lugares onde morei. Quando moleque, fazia várias expedições, a turismo mesmo, de ‘bike’. Você tem outra percepção da natureza por esse olhar”, diz Felipe, que abriu mão de vida como chef em eventos corporativos no Brasil para se estabelecer em Londres como “personal chef” e trabalhar como guia e cozinheiro em tours sobre duas rodas pela Itália.

Em sete dias, visitam-se locais em um raio de 300 a 400 km, com hospedagem em, no máximo, dois hotéis diferentes. “Evitar a troca de alojamento, desfazer e fazer malas, além de vários check-in e check-out reduzem o estresse e ajudam a gente a ganhar tempo. Na Toscana, por exemplo, ficamos todas as noites em um mesmo local 100% exclusivo para o grupo. É um antigo palácio onde funcionava o treinamento de pombos-correios e hoje é uma propriedade privada produtora de azeites”, conta.

Menu completo
Em todos os roteiros, a programação é acertada e agendada antes da partida do Brasil –inclusive a maior parte do cardápio e harmonização dos almoços, em geral um menu mais leve para dar continuidade à pedalada pela tarde. Nas horas das refeições, quando Felipe não bota a mão na massa cozinhando, oferece explicações sobre os produtos e a origem dos ingredientes. Fabio trabalha com as degustações, harmonizações e todos os outros assuntos relacionados ao vinho.

Os clientes também podem esperar por um piquenique com produtos comprados durante os passeios, levados em uma cesta de palha, com direito a taças de cristal, porcelana, toalha de linho e um cardápio desenhado à nanquim por uma artista plástica.

O pacote de seis noites custa a partir de € 2.800 (R$ 9.160), sem aéreo. Inclui acomodação em quarto duplo, todas as refeições, traslados e a utilização de equipamentos, como a bicicleta e capacetes. As datas para 2015 são as seguintes: Sardenha, de 1 a 7 de junho; Piemonte, de 24 a 30 de junho; e Toscana, de 22 a 29 de agosto. Outras informações no site da agência Rosso Terra.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Receitas

Topo