Receitas

Mandioca: conheça e se delicie com os derivados do ingrediente

17/06/2015 15h28

Chame de aipim, de macaxeira ou de mandioca: o fato é que poucos ingredientes são mais brasileiros do que esta raiz saborosa, que pode ser preparada em pratos doces ou salgados.

Ela está presente até onde não se imagina, como no pão de queijo (feito com polvilho doce, ingrediente extraído da mandioca) e a tapioca, que hoje é sucesso nas mesas de café da manã de todo o Brasil.

No episódio da última terça-feira (16) no programa "MasterChef", o desafio eliminatório foi preparar um prato com uma variação da raiz: tucupi, farinha, polvilho doce, goma de tapioca...

Para quem achava que sabia muito bem como lidar com mandioca acabou sofrendo na mão dos jurados. O eliminado da vez foi o piloto Hamilton, a quem foi dada a missão de preparar um prato com farinha de Uarini, conhecida na região Norte.

Existem muitas variedades de mandioca. As duas mais conhecidas são a de mesa ou mansa (que também é chamada de aipim ou macaxeira) e a mandioca brava. Todos os tipos de mandioca precisam ser bem cozidos antes do consumo, para eliminar componentes tóxicos de sua composição.

Na hora de comprar a raiz para fazer em casa, a dica é verificar a cor: quanto mais branca a polpa, melhor. Evite se possível mandioca com manchas ou coloração escura.

Conheça a seguir algumas dos derivados do ingrediente país afora –e aventure-se com os sabores especiais que só a mandioca produz.

Farinha, goma, polvilho: conheça os derivados da mandioca

  • Imagem: Leticia Moreira/ Folhapress
    Leticia Moreira/ Folhapress
    Imagem: Leticia Moreira/ Folhapress

    Farinha de mandioca

    É o principal derivado do tubérculo. Em geral, divide-se em três grandes grupos: as secas (raízes raladas, peneiradas e secas em forno), a farinha d'água (quando as raízes fermentam na água e só então são raladas e secadas) e as mistas, mistura de farinha seca e d'água.

  • Imagem: Getty Images
    Getty Images
    Imagem: Getty Images

    Tapioca

    Feita a partir da goma da mandioca, precisa ser hidratada antes de ser utilizada. Pode ser tostada na frigideira e recheada, ou ainda usada (na forma de grãos) em receitas como os Bolinhos de Estudante, receita tradicional baiana. O ingrediente também pode ser transformado em pratos como pudim e cuscuz

  • Imagem: Fernando Ctenas/Divulgação
    Fernando Ctenas/Divulgação
    Imagem: Fernando Ctenas/Divulgação

    Polvilho

    Um dos ingredientes fundamentais do pão de queijo, o polvilho é extraído a partir da mandioca ralada. Trata-se do amido puro da raiz, retirado quando a massa é lavada para preparar a farinha. Polvilho azedo significa que o amido sofreu fermentação durante sua fabricação, o que não acontece com o polvilho doce.

  • Imagem: Eduardo Vessoni/UOL
    Eduardo Vessoni/UOL
    Imagem: Eduardo Vessoni/UOL

    Tucupi

    Prato típico do Pará e consumido em toda a região Norte, o tucupi é preparado com o caldo extraído da mandioca brava após a lavagem para a fabricação da farinha. O líquido precisa ser fervido e fermentado antes de ser utilizado na culinária.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Receitas

Topo