Receitas

Chefs fazem mutirão para ajudar escolas ocupadas com aulas e refeições

Mauricio Jacoby Muniz/Divulgação
Bruno Alves, do Kod Burger, criou mutirão para fazer refeições para escolas ocupadas Imagem: Mauricio Jacoby Muniz/Divulgação

03/12/2015 18h10

Um grupo de chefs está se organizando para ajudar a alimentar os estudantes secundaristas que estão ocupando cerca de 200 escolas em São Paulo, em protesto contra o projeto de reorganização do ensino proposto pelo governo estadual.

O mutirão de cozinheiros foi organizado por Bruno Alves, do Kod Burgers Artesanais, em parceria com a House of Food, cozinha industrial que pode ser alugada para testes de receitas e eventos.

"Bruno nos procurou com esta proposta de cozinhar e congelar o maior número de refeições possíveis para distribuir pelas escolas próximas", conta Diana Assenatto, da House of Food. "Duas horas depois de colocar o anúncio no ar, já tivemos várias ofertas de chefs para ajudar a fazer a comida e muita gente entrando com os ingredientes".

Quem desejar participar pode trazer mantimentos como legumes, grãos e carboidratos (como macarrão e pães) até a próxima segunda-feira (7) na House of Food, ou ainda se juntar à força-tarefa que irá preparar os pratos na segunda-feira a partir das 10h. Os interessados em particpar podem entrar em contato com o grupo por meio da página oficial da House of Food.

Mão na massa
Outra maneira que algumas pessoas encontraram para ajudar a causa dos secundaristas foi oferecer aulas para os alunos nas escolas ocupadas. A chef Bel Coelho, por exemplo, foi até a Escola Estadual Romeu de Moraes, na zona oeste da capital, para ensinar os alunos como preparar arroz de paio com couve.

"Na verdade, quem recebeu uma aula de civilidade fui eu", conta. O contato com os estudantes foi feito por meio do irmão da chef, que trabalha com a ONG MinhaSampa, que trabalha com políticas urbanas. "Fiquei impressionada e emocionada com a organização e o engajamento dos alunos", diz.

Bel foi à escola acompanhada de João Ferraz, da Casa do Carbonara, que se prontificou a dar aulas de História Brasileira para os alunos durante a ocupação. "Os alunos amaram tudo e já estamos planejando novas aulas em breve", diz a chef.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Receitas

Topo