menu
Topo

Receitas de Bolos

Bolo molhadinho: os ingredientes e truques que vão deixá-lo irresistível

iStock
Imagem: iStock

Juliana Bianchi

Colaboração para o UOL

26/02/2018 04h00

Não importa o sabor, se tem recheio ou não. Garantir que os bolos fiquem sempre molhadinhos não é questão de sorte ou mão boa para a confeitaria. Alguns ingredientes, técnicas e cuidados ajudam na hora de fazer o bolo perfeito. Confira:

Escolha a gordura certa

Um dos principais ingredientes para deixar o bolo macio e molhadinho são as gorduras (manteiga, margarina, óleo, azeite). Condutora de sabor, ela também retém a umidade depois de o bolo estar assado. E, como lembra a chef Joyce Galvão no livro “A Química dos Bolos”, quanto mais líquida ela for em temperatura ambiente, mais umidade trará à massa. Mas cuidado: isso não significa que se pode trocar manteiga por óleo em todas as receitas ou simplesmente aumentar a quantidade para umedecer um bolo seco. Cada gordura tem uma propriedade e a alteração pode deixar o bolo pesado e oleoso. Escolher bem a receita é melhor do que alterar se você não tiver muita intimidade com a cozinha.

Veja também

Coloque leite ou iogurte

Algumas receitas permitem a substituição do leite por suco para acrescentar um toque de sabor ao bolo. Se você quiser um bolo bem molhadinho, resista. “Raspas da casca da fruta podem trazer o mesmo resultado sem que você tenha de abrir mão da umidade que a gordura do leite trará”, afirma a boleira Camila Dutra. Bolos com iogurte também tendem a ser mais úmidos, devido à acidez do ingrediente.

Use o método cremoso

Bolos que começam pedindo que se bata manteiga (ou margarina) com açúcar até obter um creme fofo e homogêneo fazem parte desse time que utiliza o ar formado pela aeração da gordura para garantir maciez e umidade. O resultado são bolos macios, aveludados e extremamente molhadinhos, principalmente quando morninhos ou em temperatura ambiente. E atenção: é importante que os ingredientes não estejam gelados ao começar o preparo.

Claras ao ponto

Caso a receita peça claras em neve, não exagere na aeração. Claras batidas até ficarem muito firmes acabam roubando umidade da massa e tendem a ressecar o bolo.

Não corra do chocolate

Há quem diga que bolos de chocolate tendem a ser mais sequinhos do que os demais porque o cacau absorve líquidos. Mas se sua receita estiver devidamente balanceada, pode se jogar sem medo, inclusive se optar bolo bolos feitos pelo método espumoso, como o pão de ló e a genoise. “A genoise, que leva um pouquinho de óleo, vai garantir ainda mais a maciez e a umidade”, afirma a confeiteira Fernanda Ribeiro.

Conheça seu forno

Uma das causas mais comuns para que bolos que têm tudo para dar certo saírem ressecados é o excesso de calor no forno -- pela permanência excessiva lá dentro ou pela temperatura acima do ideal. Para saber se já é hora de tirar, faça o clássico teste do palito de dente (espete no centro do bolo e se sair limpo, está pronto) ou aperte suavemente a superfície: se o local de pressão não ficar marcado, pode tirar do forno.

Não unte as laterais 

Na hora de preparar a forma, evite colocar papel manteiga na lateral. Apesar de ajudar na hora de desenformar o bolo, ele acaba roubando umidade da massa. Prefira usá-lo apenas no fundo. “As laterais podem ficar sem nada, nem manteiga, que você não terá problema para desenformar”, garante Fernanda.

Ajuda extra

Seu bolo não ficou tão molhadinho como você queria ou você quer garantir uma dose extra de umidade? Recorra às caldas. Vale desde as básicas a base de açúcar e água até as feitas com leite, suco de frutas, café ou bebidas alcoólicas -- vai depender do sabor e da combinação que se quer dar ao bolo. Principalmente no caso de bolos recheados, não economize na calda, indica a confeiteira Priscila Oliveira, da Dultier, de São Paulo. “Umedeça bem cada camada, cubra com filme plástico e deixe o bolo dormir na geladeira para que absorva bem a umidade.” É garantia de sucesso.

Mais Receitas de Bolos