menu
Topo

Receitas

Como fazer bacon em casa: é mais saudável, saboroso e rende mais

Divulgação
Produção da Famiglia Artigianale em cômodo de defumação de 4m² Imagem: Divulgação

Paty Moraes Nobre

Colaboração para o UOL

02/05/2018 04h00

Pedro Marques, de 40 anos, se intitula um apaixonado por bacon. E o bacon tem mesmo dessas coisas: uma legião de fãs que garantem que "Bacon é Vida" ou "Só o Bacon Salva" nas redes sociais e até nas paredes de casa. 

Preocupado com a qualidade do que andava comendo, há um ano, o jornalista formado em gastronomia decidiu fazer em casa o próprio produto. Estudou técnicas variadas e passou a produzir, primeiro, para o consumo próprio. "Depois, vi que era uma boa oportunidade de começar a fazer para vender", diz ele, que criou a marca Don Bacon para vender o produto para restaurantes e consumidores finais. "O produto artesanal é mais saudável, saboroso e rende mais."

Com um pouco mais de experiência no assunto, mas com a mesma inquietação do colega, o empresário Henry Carlos, de 48 anos, também se especializou na produção artesanal de bacon há um ano e meio. "A vantagem de fazer o próprio produto é saber o que está comendo. Os produtos industrializados levam muitos aditivos químicos e, na maioria das vezes, você não sabe o que tem lá dentro", diz Henry, proprietário da Famiglia Artigianale, que fornece três toneladas de bacon artesanal por mês para dezenas de hamburguerias em São Paulo.

Divulgação/Don Bacon
Bacon artesanal de pato, de Pedro Marques Imagem: Divulgação/Don Bacon

Bacon artesanal x industrializado

O bacon suíno é feito, na maioria das vezes, de barriga de porco, chamada também de manta, defumada. Além de agregar sabor, a fumaça ajuda a conservar o alimento.

Nas versões artesanais, a carne é temperada com uma mistura seca, que geralmente leva sal, açúcar e pimentas. O processo todo, leva, em média, uma semana e o prazo de validade do bacon costuma ser de 3 meses.

Nas versões industriais, por exemplo, o processo é rápido e é comum a utilização de aromas artificiais de fumaça ou até fumaça líquida. "A peça não foi realmente defumada e, neste caso, não pode nem ser chamada de bacon", alerta Henry.

O produto industrializado geralmente é temperado com uma espécie de salmoura injetada na carne de porco, o que leva o consumir a pagar pelo peso dessa "água com sabor", que evapora ao esquentar. Com inúmeros conservantes, a carne pode ser consumida até um ano após a fabricação.

Por isso, o bacon artesanal custa mais caro, porém é mais saboroso, saudável e rende mais. "Nosso cliente espera uma qualidade que ele não encontra em produtos industrializados. Embora a gente tenha que pagar 50% a mais, o investimento no bacon artesanal compensa porque ele é praticamente um tender, sendo possível comer de diversas formas: fritou ou em natura, em tiras finas ou grossas", defende Rodrigo Durão, sócio-proprietário da hamburgueria Bacon Brothers, na região da Lapa, em São Paulo.

Como fazer bacon artesanal

Antes de profissionalizar a defumação em um cômodo de 4 m² em casa, Henry testou muitas receitas até encontrar a ideal. Para Pedro, a técnica de levar a lenha e a carne ao forno foi mais adequada no início. Atualmente, o chef usa um defumador de 2,30 m de altura na produção.
Em geral, os processos são semelhantes.

Para fazer bacon artesanal no forno, você vai precisar de:

  • 1 barriga de porco
  • lenha ou lascas de madeira para defumação de árvores frutíferas (macieira, por exemplo)
  • sal, açúcar e pimenta a gosto

Cura seca: tempere a barriga de porco com sal, açúcar e pimentas e guarde na geladeira dentro de um vasilhame tampado por, aproximadamente, uma semana.

Lavagem: lave para retirar o excesso de cura.

Defumação: disponha a lenha em uma assadeira, acenda as lascas e coloque-as na prateleira mais baixa do forno a menos de 100ºC. Coloque a barriga em outra assadeira e leve ao forno em uma prateleira superior por, no mínimo, 6 horas. Assim como Pedro e Henry, o ideal é praticar até achar sua receita ideal – que pode levar mais ou menos tempo no forno e também pode contar com variedades de madeira.

Mais Receitas