Atriz Carolina Ferraz lança nesta quinta, (16) em São Paulo, seu primeiro livro de culinária

ALEXANDRE STAUT
Colaboração para o UOL

Carolina Ferraz é um dos rostos mais conhecidos da TV brasileira. Disso todo mundo sabe. É também bailarina formada na pelo Royal Ballet, de Londres. Mas ela tem um lado que muita gente desconhece. É uma cozinheira de mão cheia.

Mas engana-se quem acha que a atriz cozinha apenas para os outros e que vive de saladinhas para manter o manequim 36. “Gosto de comilança, sou boa de prato”, diz ela. “Só de falar em comida já me dá fome!”

A prova de sua intimidade com o universo da culinária pode ser vista agora no livro “Na Cozinha com Carolina” (editora Jaboticaba), que tem lançamento hoje (16) à noite na Livraria da Vila, em São Paulo.

O volume traz 134 receitas criadas pela própria -algumas adaptadas do receituário da mãe, Giscelda, dos amigos e também recriações de pratos que a atriz experimentou mundo afora, todas feitas em jantares na sua casa, eventos que já se tornaram famosos nos corredores da Rede Globo.

“Cozinho desde a infância. Menina, já gostava de comer bem. Lembro ainda hoje da Pamonha, da Galinhada e do Frango ao Molho Pardo que minha avó fazia. Desde esta época eu já dava meus passos na cozinha. Ajudava minha mãe nos almoços de família. Posso até dizer que sou cozinheira muito antes de virar atriz”, diz Carolina, que estreou na TV em 1990, na novela “Pantanal” e que praticamente emendou um trabalho no outro até 2008, ao interpretar Norma, de “Beleza Pura”.

  • Divulgação/Roberto Schwenck

    Atriz ensina receitas fáceis de doces, massas,
    sopas e pratos do dia a dia

Entre os capítulos do livro, há um sobre a Itália, preferência da atriz quando o assunto é culinária, um de sopas, outro de bebidas -em que ela surpreende ao usar seringas para colocar vodca em frutas como o caju-, e de sobremesas. Cada um deles traz histórias saborosas, inspiradas na escrita de seus dois ícones, a crítica americana Patricia Wells, autora de “Cozinha de Bistrô” e “Trattoria” e o chef inglês Jamie Olivier, que segundo ela, trata os alimentos de forma despretensiosa e lúdica.

“Adoro descobrir sementinhas, produtos novos, passear em feiras e entre as gôndolas de supermercados. Temperos são minha grande paixão”, diz a atriz, que tem seus segredinhos na hora de abastecer a despensa.

Em casa, Carolina conta com a ajuda da cozinheira Raimunda para a preparação de pratos como a Compota de Tomate com Queijo, Sopa de Abobrinha com Curry, Sopa de Beterraba e ainda uma massa feita com tomate cereja refogado, os pratos mais aclamados pelos amigos.


Gastronomia pelo mundo

Gourmande assumida, a atriz chega a fazer viagens pelo mundo apenas para provar pratos e iguarias. Mas foi durante um curso de culinária em Nova York que viu que realmente não nasceu para ser chef. “Acabei caindo numa cozinha onde passava o dia todo. O ritmo de trabalho é coisa para profissional. Gosto mesmo é de trocar receitinhas com amigos, acho legal o negócio empírico da gastronomia. Tenho grande respeito pela profissão de chef e tiro o chapéu para eles. Mas nunca tive o mínimo jeito para isso”, reconhece.

Em Paris, adora ver a variedade de produtos nas feiras e as embalagens de supermercados, “Tenho vontade de ‘fazer a muambeira’ e trazer uma mala cheia. Mas como sou muito certinha, acabo trazendo só temperos”. Na Espanha, gosta de se perder em busca de bares de tapas. Sempre que visita o país, ela tenta dar uma passadinha no El Bulli, de Ferran Adrià, “Um mágico!”, em suas palavras.

  • Divulgação

    Capa do livro "Na Cozinha com Carolina": receitas simples, de uma dona de casa para outra

Suas aventuras gastronômicas ainda incluem Tailândia, Japão e Peru, sua última descoberta. “Estou maravilhada com este país e com o chef Gastón Acurio, proprietário do La Mar, casa aberta também em São Paulo. “Este homem é um gênio”, observa a atriz, que atualmente está pesquisando ingredientes da culinária do país andino.

Quando falamos sobre a gastronomia no Brasil, ela destaca São Paulo.”São muitos os chefs que admiro e todos são surpreendentes. Gosto desde os mais tradicionais, como Sérgio Arno, Massimo Ferrari, até os mais novos”.

No Rio, Carolina gosta mesmo é de se sentar em botecos para provar pratos da culinária local. “Pode ser qualquer um, desde que sirva comida caseira e bem feitinha... bolinho de bacalhau, feijoada, pastel, linguiça frita. Amo tudo”.

Para reunir as receitas no livro, a atriz procurou as mais simples, que pudessem ser feitas de forma descontraída. “Fiz muitos testes e comi demais para a criação deste livro. Quero que este trabalho seja útil e que ajude as pessoas na hora de criar novos pratos. É um livro de uma dona de casa para outra”, diz.

Clique aqui para ver a receita de Frango com Quiabo e Polenta.

::NA COZINHA COM CAROLINA::
Editora Jaboticaba - 160 páginas
R$ 76

Lançamento hoje, (16), a partir das 19h.
Livraria da Vila: Al. Lorena, 1731.
Tel.: 3062-1063

 

UOL Cursos Online

Todos os cursos